Tipos de Custos

tipos de custo

O Custo pode ter diferentes classificações de acordo com o critério escolhido:

  • Quanto à sua alocação ao produto, os custos serão classificados em diretos ou indiretos.
  • Já quanto ao volume de produção, os custos se comportam como custos variáveis ou fixos.

A seguir, serão apresentadas algumas características desses tipos de custos. Assim temos:

Quanto ao produto:

CUSTOS DIRETOS:

Custos Diretos a um objeto de custeio são os custos diretamente relacionados a esse objeto, isto é, que podem ser fácil e economicamente identificados ao objeto de custeio sem qualquer rateio.

Ressaltando que objeto de custeio é, normalmente, o produto. Entende-se por produto o bem ou serviço produzido pela organização e cuja comercialização corresponde à principal fonte operacional de recursos (receita de venda ou prestação de serviço).

Portanto, são custos facilmente mensuráveis e alocáveis aos processos, bens, serviços, clientes, benefícios e outros receptores de alocação. Apropriado diretamente na produção ou na prestação de serviços – por que existe uma medida objetiva de seu consumo.

Exemplo de custo direto: a parcela direta da mão de obra corresponde ao gasto com pessoal que trabalha e atua, diretamente, sobre o produto que está sendo elaborado.

CUSTOS INDIRETOS

Custos indiretos a um objeto de custeio são aqueles que não podem ser identificados com o objeto de custeio de maneira economicamente viável, pois são comuns a dois ou mais objetos de custeio (áreas ou produtos).

Os custos indiretos são alocados ao objeto de custeio por meio de um método de alocação de custo denominado rateio. Assim, são aqueles que não oferecem condição de medida objetiva e dos quais qualquer tentativa de alocação tem que ser feita de maneira estimada, aproximada, e algumas vezes, arbitrária e com grau de precisão da mensuração reduzido.

Desse modo, são custos de difícil mensuração e alocação aos processos, bens, serviços, clientes, benefícios e outros receptores da alocação pois são apropriados indiretamente aos produtos.

Exemplo de custo indireto: com respeito à mão de obra, a parcela indireta é relativa ao pessoal de chefia, supervisão ou ainda atividades que, apesar de vinculadas à produção, nada têm de aplicação direta sobre o produto – tais como manutenção, contabilidade dos custos e controle da produção.

Além dos custos, as despesas também podem ser classificadas como diretas e indiretas. Enquanto o custo é classificado em direto ou indireto com relação ao produto, a despesa é classificada em relação à origem da receita.

Quanto ao volume:

CUSTOS FIXOS

Os custos fixos não oscilam em função do volume de produção. De tal modo que não se alteram quando há um aumento ou redução do volume da atividade ou do projeto.

Portanto, não há vinculação em relação a proporcionalidade do volume de produção. Será cobrado sempre o mesmo valor – qualquer que seja o nível de produção ou de prestação de serviço – como mostra a Figura 1 abaixo:

Custo Fixo

Figura 1: Custos Fixos

Exemplos de custos fixos: IPTU, aluguel do imóvel e seguros.

CUSTOS VARIÁVEIS

Os custos variáveis caracterizam-se por oscilar em função do volume de produção. Crescem quando há um aumento no volume da atividade ou do projeto e diminuem quando há uma redução no volume da atividade ou do projeto.

Dessa forma, são identificados pela proporcionalidade em relação ao volume de produção. Se não houver produção ou prestação de serviços o custo variável será nulo – como pode ser observado na Figura 2.

custo variável

Figura 2: Custos Variáveis

Exemplos de custos variáveis: materiais diretos consumidos e gastos com horas extras na prestação de serviços.

Deve-se ressaltar que os custos fixos e os custos variáveis apresentam uma relação importante apresentada abaixo:

Custo total

Figura 3 – Custo Total

 

Portanto, o somatório dos custos fixos e dos custos variáveis resulta no custo total de uma organização.

Podemos também apontar a relação Custo Fixo e Custo Variável tal como se observa na Figura 4 a seguir:

Relação Custos Fixos X Custos Variáveis

Figura 4 – Relação Custos Fixos X Custos Variáveis

As despesas também podem ser classificadas como fixas ou variáveis.

Desse modo, classificar os custos como diretos, indiretos, fixos e variáveis tal como as despesas como diretas, indiretas, fixas e variáveis apresenta um papel de suma importância em uma organização para que se possa tomar decisões adequadamente e de acordo com a realidade da companhia.